Eletroneuromiografia Detecta Quais Doenças?

Eletroneuromiografia Detecta Quais Doenças?

Todos os meses, centenas de pessoas em São Paulo fazem a seguinte pesquisa no Google: “Eletroneuromiografia Detecta Quais Doenças?“, o que demonstra ainda muitas dúvidas a respeito do exame de eletroneuromiografia. Por isso, elaboramos este artigo, buscando auxiliar essa questão.

A eletroneuromiografia ou eletromiografia (ENMG ou EMG) ou ainda estudo da condução nervosa consiste em um exame neurofisiológico especializado em que avaliamos como os nervos e músculos estão funcionando. Este teste neurofisiológico pode nos dizer onde está localizado um problema nervoso ou muscular e, muitas vezes, a natureza do problema com base nas anormalidades descobertas. Assim, o exame de eletroneuromiografia detecta as doenças do sistema nervoso periférico entre elas: Polineuropatias, Neuropatias, radiculopatias, doenças do neurônio motor, miopatias entre outras

O Exame de Eletroneuromiografia Detecta Quais Doenças?

O exame de eletroneuromiografia pode ser realizado para detectar e diagnosticar uma ampla variedade de doenças neuromusculares, problemas motores, lesões nervosas ou condições degenerativas. O exame pode ser realizado nos pés e pernas (eletroneuromiografia de membros inferiores), nas mãos e braços (eletroneuromiografia de membros superiores) e no corpo todo (eletroneuromiografia de quatro membros). O exame de eletroneuromiografia pode detectar os seguintes grupos de doenças:

Distonias

Distonia é um distúrbio do movimento caracterizado por contrações musculares contínuas ou intermitentes que causam movimentos anormais, muitas vezes repetitivos, posturas anormais ou ambos, podendo ser focal, segmentar, multifocal, generalizada ou hemidistonia.

A eletroneuromiografia auxilia na diferenciação de movimentos distônicos com espasmos musculares ou mesmo de movimentos ocasionados por alterações de ordem emocional.

Distrofia muscular

A distrofia muscular (DM) refere-se a um grupo de doenças genéticas descritas por disfunção progressiva e / ou fraqueza dos músculos esqueléticos, devido a danos em proteínas necessárias para manter a integridade e a função adequada do músculo.

No diagnóstico da distrofia muscular, a eletroneuromiografia mede a resposta do músculo à estimulação do seu suprimento nervoso e examina a atividade elétrica dos músculos, sendo útil para identificar se a fraqueza é devido a uma doença muscular e não a um distúrbio do nervo.

Neuropatias Periféricas

Os termos “neuropatia periférica” e “polineuropatia” englobam um amplo espectro de distúrbios dos nervos periféricos, que viajam da medula espinhal para inervar músculos, pele, órgãos internos e glândulas. Entre os sintomas observados, estão: dor, dormência, formigamento e queimação, hipersensibilidade e fraqueza nos braços e pernas.

Miopatias

As miopatias são doenças do músculo esquelético, que podem se apresentar de várias maneiras, mas uma das principais características é a fraqueza muscular que afeta os músculos dos olhos, face, braços, pernas, tronco, deglutição ou respiração.

Radiculopatias

Sua coluna é composta por muitos ossos chamados vértebras. A medula espinhal desce através de um canal no centro desses ossos. Raízes nervosas se ramificam da medula e passam entre as vértebras. Quando os problemas afetam essas raízes nervosas, a condição é chamada de radiculopatia. Uma causa comum de radiculopatia é a hérnia de disco.

Mesmo com o amplo uso da ressonância magnética, a EMG continua a desempenhar um papel importante na avaliação da radiculopatia, especialmente quanto esta é causada por infecção, infiltração, desmielinização ou infarto, pois fornece informações sobre como o nervo está funcionando.

Miastenia gravis

A Miastenia gravis é caracterizada por visão dupla, estrabismo (“ficar vesgo”) e graus variados de cansaço e fraqueza. Os pacientes podem ainda ter uma “fala pelo nariz” (fala anasalada), dificuldade de engolir e sintomas que podem piorar no período da tarde.

Para o diagnóstico de Miastenia gravis, realizamos a eletroneuromiografia de fibra única: um teste em que o foco é o estudo de fibras musculares isoladas.

Síndrome do túnel do carpo

Síndrome do túnel do carpo é uma condição que causa dor, dormência, formigamento e fraqueza na mão e no pulso. Ocorre quando há aumento da pressão sobre o nervo mediano, que proporciona sensação e força aos dedos da mão. No punho, o nervo mediano se situa dentro de um pequeno canal formado por ossos e ligamentos chamado túnel do carpo.

O exame de Eletromiografia (EMG) e estudos de condução nervosa determinam o quão bem o nervo mediano está funcionando e quão bem ele controla o movimento muscular.

Síndrome do túnel do tarso

O túnel do tarso é um espaço estreito que fica no interior do tornozelo, próximo aos ossos do tornozelo. O túnel é coberto por um ligamento que protege e mantém as estruturas contidas dentro do túnel – artérias, veias, tendões e nervos. Uma dessas estruturas é o nervo tibial posterior, que é o foco da síndrome do túnel do tarso.

Assim como na síndrome do túnel do carpo,o exame de Eletromiografia (EMG) e estudos de condução nervosa determinam o quão bem o nervo tibial posterior está funcionando e quão bem ele controla o movimento muscular.

Outras doenças que podem ser diagnosticadas com o auxílio do exame de eletroneuromiografia são:

  • Neuropatia isquiática (compressão do nervo na coxa)
  • Compressão do nervo no pescoço e ombro
  • Polineuropatia diabética
  • Doenças na junção neuromuscular
  • Doenças degenerativas do sistema nervoso
  • Miotonias
  • Lesões nervosas
  • Esclerose lateral amiotrófica
  • Poliomielite
  • Atrofia muscular espinhal
  • Ataxias da síndrome de Guillain-Barré

Neste artigo, procuramos esclarecer a dúvida: “Eletroneuromiografia Detecta Quais Doenças?”. Navegue pelo nosso site para saber mais sobre o exame. Para entrar em contato conosco, informar-se sobre horários de atendimento e agendar seu exame, acesse esta página.

Dr Diego de Castro Neurologista & Neurofisiologista

Nossa meta é oferecer aos nossos pacientes muito mais do que um simples exame. Oferecemos uma avaliação neurológica com uma eletroneuromiografia de qualidade capaz de auxiliar pessoas na definição diagnóstica de seus sintomas.”

Exame de Eletroneuromiografia SP – Dr Diego de Castro Neurologista & Neurofisiologista

Endereço: Rua Itapeva, 518 – sala 901

Bela Vista – São Paulo – SP, 01332-904

Horário de Funcionamento: Seg-sex 08:00-20:00h

Telefone: (11) 3262-4745 / (11) 98758-7663

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *